Visit the MDN site
InícioRegiãoMilitar do Corpo de Bombeiros de Frutal é suspeito de vandalismo em...

Militar do Corpo de Bombeiros de Frutal é suspeito de vandalismo em Uberaba

- Publicidade -spot_imgspot_img

O Diretório Municipal do Partido Liberal (PL) de Uberaba foi alvo da ação de dois vândalos, na semana passada. Um dos suspeitos é militar do Corpo de Bombeiros e trabalha em Frutal. Identificado apenas pelas iniciais “T.F.”, ele foi liberado após pagar fiança e vai responder inquérito em liberdade.

A presidente do PL da cidade, Ellen Miziara, declarou, por meio de suas redes sociais, que câmeras do sistema de vídeo-monitoramento flagraram quando os dois homens arremessaram tintas na fachada do local, localizado na Avenida Alexandre Barbosa, bairro Mercês.

“A Polícia foi acionada e já está tomando as providências legais. Assim como o presidente Bolsonaro, eu repudio qualquer tipo de violência, principalmente de cunho político. Acredito que a democracia se faz no debate de ideias e não com violência”, diz publicação de Miziara, em seu Instagram.

PRISÃO

De acordo com a Polícia Civil, o homem de iniciais “T.F.”, acusado de ser um dos autores do vandalismo, resistiu à prisão em flagrante. Durante a condução, no começo da tarde de sexta-feira (15), o acusado, que é bombeiro militar, teria reagido agressivamente à abordagem e tentado destruir provas do acontecimento.

A PC seguiu pistas do veículo supostamente utilizado na pichação da sede do partido e encontrou o homem na casa onde mora com a mãe. Ela liberou e franqueou a entrada dos policiais na residência.

O acusado estava no quarto, falando ao telefone, quando foi abordado pela equipe. Ele confirmou ser o proprietário do veículo suspeito, ser pintor e ser a pessoa das imagens mostradas.

Ao ser informado sobre a prisão em flagrante, começou a esboçar resistência verbal. Neste momento, o policial o alertou que a condução poderia ser feita de maneira “fácil”, com diálogo, ou “difícil”, o que poderia acabar com a vida profissional do homem, segundo o relato da PC. O autor passou a dizer que o condutor da prisão era arrogante e agia com abuso de autoridade.

Além disso, no momento da discussão, foi percebido que o homem tentava gravar a ação com o telefone de maneira velada. Quando questionado da atitude, ele teria esboçado reação física e tentado quebrar o aparelho, o que foi impedido por uma testemunha.

Ele foi imobilizado, diante das resistências e tentativa de destruição de provas, e algemado. O celular foi arrecadado e foi dada a voz de prisão ao homem.

O comando do Corpo de Bombeiros foi acionado para providenciar a condução do autor, que é bombeiro militar. Após retirado do apartamento, as algemas foram tiradas e o homem, mais calmo, pediu para que a situação fosse resolvida de outra forma, mas foi informado que não teria como.

O veículo e o coautor do vandalismo não foram encontrados, mas o celular apreendido, que está bloqueado, recebe notificações de um grupo partidário de Uberaba.

Fonte: Samir Alouan

- Advertisement -spot_img
redacao
redacaohttp://portaldefrutal.com.br
Portal de Frutal é um jornal digital, e sempre se declara contra qualquer tipo de preconceito ou discriminação! Tenha uma boa leitura.
- Publicidade -spot_img

Fique conectado

4,400FãsCurtir
1,393SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Você deve ler

- Publicidade -spot_imgspot_img

Mais notícias

- Publicidade-spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui