A gestão atual conseguiu, depois de muito trabalho, tirar o nome de Frutal do chamado “SPC das prefeituras” em virtude das diversas dívidas que somavam milhões de reais das gestões passadas.
A cidade estava negativada e, com isso, impedida de receber recursos estaduais e federais. Nem ao menos financiamentos eram possíveis, trazendo um atraso de investimentos para a cidade.

Financiamento

Diante do pagamento dessas dívidas, a administração conseguiu – junto à Caixa Econômica Federal -, financiamento para a realização de uma mega obra de recapeamento asfáltico.

De acordo com o prefeito Bruno Augusto, em entrevista as emissoras de rádio nessa sexta-feira (03), com esse recurso será possível recapear mais de 400 quarteirões. Ou seja, seria a maior obra de recape da história da cidade.

“Graças à Deus, hoje, Frutal têm crédito para ter financiamento. Com isso, nós iremos recapear mais de 400 quarteirões. Porém, está faltando apenas a aprovação da Câmara de Frutal. O projeto está parado porque houve três pedidos de vista. Estamos esperançosos que na segunda os vereadores votem, porque temos um processo que precisamos fazer junto à Caixa”.

Câmara

No entanto, esse financiamento depende de aprovação da Câmara de Vereadores de Frutal. O projeto já está tramitando há quase 1 mês.

Até agora, três vereadores fizeram pedido de vistas. Esse pedido de adiamento da votação seria para que os mesmos tenham mais tempo para analisar o referido projeto.

Agora, o projeto vai novamente em votação na próxima segunda-feira na Câmara de Vereadores.

Visit the MDN site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui